Passeio à Sala São Paulo – OSESP

A sala de concertos estava lotada com crianças de escolas públicas de muitas regiões da cidade de SP. Por cortesia da Fundação Via Varejo – FVV (transporte, ingressos e lanche!), através da União de Moradores, Paraisópolis esteve representada por 3 instituições no Projeto Conhecendo a Orquestra: Casa da Amizade (15 pre-adolescentes e 4 monitores), ProSaber e Biblioteca BECEI. Na abertura do concerto uma educadora da Sala SP (responsável pelas visitas guiadas) subiu ao palco e apresentou muito didaticamente as principais características da sala de concerto (uma das 10 melhores do mundo); demonstrou partes do teto que sobem para alterar o volume da sala e produzir melhor acústica para diferentes tipos de evento, desde pequenos corais até grandes orquestras (similar às catedrais da Idade Média!). Mostrou o elevador do fosso da orquestra e da arquibancada de fundo e demonstrou que a acústica é tão eficiente a ponto dela poder falar sem microfone e ser ouvida em todas as partes do teatro! Explicou o fato da Sala SP ser uma antiga estação de trem da década de 1930 (Estação Júlio Prestes da Sorocabana), erguida pelos ingleses quase 100 anos atrás. Comentou que o local da sala de concerto antigamente não tinha teto – era um jardim central com grandes palmeiras que foram transplantadas na época da construção. O concerto foi da OSESP Jovem sob batuta de um regente super jovem e o repertório incluiu 3 clássicos (Haendel, Mozart) e 3 trilhas sonoras de filmes populares (Piratas do Caribe, Indiana Jones e Star Wars). Passeio muito bacana e bem diferente.

Evento RaeMP: 30 Mentes Diferentes

A agência de publicidade RaeMP resolveu comemorar seus 30 anos de atividade com uma ação sui generis, doando aquilo que fazem como oficio para dar luz a 30 ONGs de pequeno/médio porte. “Selecionamos 30 mentes diferentes que através de seus ímpetos idealizaram e colocaram em pé não só idéias mas também a vocação altruísta em seu mais alto nível. São verdadeiros seres humanos que dispuseram do seu tempo, energia e recursos em prol do próximo”, disse o casal de diretores da RaeMP Marcelo e Cristina Ponzoni. Helvio Mation, fundador da Casa da Amizade, teve a alegria de ser entrevistado como uma das Mentes Diferentes, na honrosa companhia de outras ONGs de grande valor. Vale a pena conferir o áudio. Obrigada pelo carinho, Marcelo e Cristina!

Sarau de Paraisópolis

Miriam Castilho convidou mais uma vez a Casa da Amizade para se apresentar no sarau que acontece mensalmente no Programa Einstein na Comunidade; nosso professor/coreografo Rafael Rodrigues aceitou lisonjeado! Participou o grupo de dez “Mães Guerreiras da Casa da Amizade” com saiões rodados voando pelo espaço do PECP; foram 2 músicas: “Samba prás Moças” (da cantora Mariene de Castro) e “Ai Menina” (um carimbó da cantora Lia Sophia). Também muito aplaudidas as 15 crianças/adolescentes que dançaram 2 músicas da cantora e compositora Iza”. Vejam o relato de Rafael, que não escondeu a corujice pelos 2 grupos: “A apresentação como sempre foi um sucesso; não querendo me gabar (haha), mas por saber o quão nossos alunos (mães e filhos) são dedicados e esforçados e se entregam no que fazem. A galera vibrou, cantou e até dançou junto. Orgulho!”

Contação de histórias por Dona Teté

Gostoso para a Casa da Amizade receber novamente a visita de Quitéria e seus bonecos de pano: Laura e seu macaquinho. A turma foi dividida em 2 grupos e a encenação rolou!. Dona Teté ficou convencida de que nossas meninas têm potencial para teatro e se ofereceu para montar com elas uma peça em homenagem ao Dia das Mães. Os ensaios ficaram programados para 21 e 28 de abril, mas por favor não espalhem – será surpresa a ser apresentada para as mães em 12/mai/18!

Passeio à piscina do CEU Paraisópolis

Aproveitando o clima de férias, em torno de 40 alunos da Casa da Amizade com faixa etária de 7 a 15 anos curtiram esta manhã a piscina do CEU PARAISÓPOLIS. Cabe lembrar que este centro teve seu nome recentemente alterado para CEU Professora Marisa Mota em homenagem à dedicação da professora que atuou na comunidade nas escolas Homero, Etelvina, Dom Veremundo e Miguel Arraes por 25 anos.

As crianças se esbaldaram na piscina sem reclamar do friozinho suportável, supervisionados pela equipe de educadores da CA (Gilnei, Fernando, Ana Paula e Delvanice) e apoiados por monitores do CEU. Nossos agradecimentos ao Prof Gilnei que viabilizou a visita junto ao coordenador do Núcleo de Esportes e Lazer do CEU. O passeio foi finalizado com um lanchinho porque nadar sem dúvida abre o apetite da galera!

Planejamento anual 2018

Pela décima segunda vez consecutiva iniciamos o ano com uma manhã intensiva em que oito voluntários e educadores se dedicaram ao retrospecto das atividades de 2017 e à consolidação de planos para 2018. Foram apresentadas alterações da equipe ao longo do ano anterior, , as estatísticas relativas ao volume de horas dedicadas por colaboradores e voluntários, as capacitações internas e externas das quais a equipe participou, os indicadores das atividades de reforço escolar e gestantes, as oficinas infantis e os passeios e comemoracões realizados com alunos e famílias, as formas de integração comunitária praticadas em 2017 pela Casa da Amizade, etc. Foi analisado o perfil típico do aluno do reforço e de esportes e os desafios para promover a quantidade planejada, continuidade da frequência, bem como alguns fatos relevantes da Educação. Foi feita uma reflexão em grupo sobre a triste notícia da morte de uma ex-aluna – agora com 14 anos – por motivo de overdose. Os desafios da inserção no mercado de trabalho foram comentados no âmbito da participação de 8 jovens da CA no processo seletivo para o Projeto Jovem Aprendiz da America Movil. O comportamento das estatísticas do Programa de Gestantes da CA foi debatido. Revistos os desafios de renovação do CMDCA e do registro no COMAS em 2018. Foi apresentado o relatório financeiro de 2017. Um sumário da participação da CA na XII Mostra Cultural de Paraisópolis (“Desperto, descubro, realizo…”) e Festival da Juventude foi apresentado, bem como um relato sucinto sobre o encontro de formação de educadores em 15-16/jan/2018. Foram debatidos os planos iniciais para a XIII Mostra Cultural de Paraisópolis em 15/set/18 resultantes da experiência renovada em 2017. A parte final da reunião foi dedicada aos debate dos problemas decorrentes do incêndio sofrido pela Casa da Amizade em 8/mai/2016 e a complexidade das alternativas de relocação em estudo.

Atividade: envelopar calendários

Nossa tradição de presentear voluntários e parceiros da Casa da Amizade com calendários de geladeira manteve-se sólida em 2018. Com a criatividade do voluntário Wagner foi produzido um calendário A4 simpático com motivos de foguetes e astronautas alegrando um céu azul marinho. Felizmente a meninada ajudou a envelopar as 200 unidades neste sábado. Aproveitamos para treinar a ordenação alfabética dos nomes antes de organizar a distribuição ao vivo na comunidade e o despacho de uma parte pelo correio. Vários destinatários escreveram depois elogiando o layout – valeu, Wagner!