Calendário 2017 (PDF - 32 KB)

Calendário 2016 (PDF - 33 KB)

Calendário 2015 (PDF - 37 KB)

Calendário 2014 (PDF - 34 KB)

Calendário 2013 (PDF - 34 KB)

Calendário 2012 (PDF - 15 KB)

Calendário 2011 (PDF - 14 KB)

Calendário 2010 (PDF - 64 KB)

Calendário 2009 (PDF - 15 KB)

Calendário 2008 (PDF - 11 KB)

Calendário 2007 (PDF - 10 KB)

Calendário 2006 (PDF - 67 KB)

Calendário 2005 (PDF - 67 KB)

Reforço escolar

Constatada a expressiva carência demonstrada por muitas crianças da região nos aspectos de alfabetização e expressão escrita, desde 2006 a Casa da Amizade vem oferecendo aulas de reforço escolar, voltadas prioritariamente para crianças na faixa de 6 a 14 anos.

As aulas (90 minutos, 3 vezes por semana, nos períodos da manhã e tarde) são conduzidas por professora da comunidade, com formação no Ensino Médio ou Pedagogia. Um lanche comunitário é oferecido como parte da rotina final de cada aula.

Em 2016, temos 3 turmas (2 de manhã e 1 à tarde) com cerca de 20 alunos cada, com foco em Português e Matemática.

(Foto 1)        (Foto 2)        (Foto 3)        (Foto 4)        (Foto 5)

Esportes

Na Quadra da Amizade são oferecidas todas as manhãs e tardes aulas de esportes para crianças e adolescentes, lideradas por dois professores de Educação Fisica. São atendidas as crianças que participam das atividades de reforço escolar, bem como jovens da comunidade.

As aulas não tem a pretensão de formar campeões, mas a de promover jogos cooperativos em que as crianças, além do lazer e do aperfeiçoamento de habilidades motoras, desenvolvam respeito pelos colegas e pelas regras propostas.

Anualmente é organizada uma excursão com o grupo de alunos de Esportes, que vivenciam lazer em um sítio ou praia próximo a São Paulo, com o apoio de monitores voluntários.

(Foto 1)        (Foto 2)        (Foto 3)        (Foto 4)        (Foto 5)
(Foto 6)        (Foto 7)        (Foto 8)

Oficina infantil

Oferecemos semanalmente aos sábados uma manhã de atividades diferenciadas para cerca de 15 crianças, divididas em 3 grupos etários liderados por voluntários: "pequenos" de 4 a 5 anos, "médios" de 6 a 8 anos e “grandes” de 9 a 13 anos.

As atividades são iniciadas com uma fase de aquecimento de 10 a 15 minutos em torno do tema central (ex: água, animais, pipas, etc). Através de uma discussão em grupo, o líder procura coletar e democratizar os conhecimentos que as crianças já possuem sobre aquele tema.

Na sequência, é desenvolvida uma atividade pedagógica geralmente envolvendo exercício de expressão escrita e buscando identificar dificuldades de alfabetização ou lógica matemática. Nesta etapa as crianças trabalham individualmente ou em grupos de 4.

A parte lúdica, associada ao tema central da oficina, envolve sessões de pintura, argila, colagem, artesanato com linhas, miçangas, origami, reciclagem, educação física, cantigas de roda, etc.

Essas atividades visam maior integração entre as crianças da comunidade em trabalho cooperativo, bem como seu desenvolvimento individual. Fortalecem-se também os vínculos com os voluntários que atuam como monitores. A dinâmica é planejada de forma que cada voluntário se dedique a um grupo de 4 ou 5 crianças.

Mostra Cultural

Desde 2009 a Casa da Amizade vem participando da Mostra Cultural de Paraisópolis, uma iniciativa anual que envolve as escolas e entidades voltadas à educação da comunidade. A experiência tem sido muito gratificante, com uma exposição de trabalhos em sala dedicada e uma apresentação de palco (veja em Notícias). Com grande expectativa, a Casa da Amizade prepara-se para participar mais uma vez na XII Mostra, a ser realizada em 16/09/2017 no CEU Paraisópolis, com o tema “Desperto, descubro e realizo...”.

Feira semanal

De 1995 até 2014, em todos os sábados eram distribuídos à cada família frequentadora cerca de 8 kg de alimentos. Nos finais de tarde, nas sextas-feiras, um voluntário da Casa da Amizade visitava atacadistas do CEASA para viabilizar doações ou aquisição a baixo custo de legumes, verduras e frutas abundantes naquela estação do ano. O caminhão contratado de pessoal da comunidade ia ao CEAGESP nas noites de sexta-feira e descarregava na Casa da Amizade por volta de meia-noite. Na manhã de sábado os alimentos, dispostos em semicírculo, eram distribuídos pelos jovens e adultos da comunidade, num exercício de capacidade de organização, senso de justiça na partição e respeito ao próximo.

A Casa da Amizade acreditava que a distribuição de legumes e verduras funcionava de alguma forma como indutora de hábitos alimentares saudáveis: além da família beneficiada passar a consumir mais verduras do que antes, ela era estimulada a experimentar novos alimentos. A redução dos desperdícios na cadeia de produção de alimentos também era entendida como contribuição positiva do projeto. Avaliando o notório desenvolvimento da comunidade ao longo dos 19 anos de operação desta feira, a Casa da Amizade considerou que esta missão estava encerrada e suspendeu a realização da feira semanal a partir de janeiro de 2015. Seu foco principal passou a ser a educação de crianças e adolescentes.

Lanche para crianças

Nas manhãs de sábado é oferecido um lanche preparado por mulheres da comunidade. Esse encontro constitui também uma atividade de lazer na comunidade. Algumas "comadres" se espalham pelos bancos do playground para um dedo de prosa, sem se descuidar de um olhar atento para as farras da criançada nos brinquedos. Os voluntários da Casa da Amizade acreditam que o convívio amistoso entre crianças e voluntários, que se processa nestes encontros, estabelece uma relação de confiança que permite aos voluntários sinalizar alguns valores importantes, tais como questões de cidadania e auto-estima (lixo no lixo, respeito às limitações dos mais fracos, assiduidade na escola, empenho nos estudos, etc).

Passeios externos

Buscando oferecer às crianças do Grotão a oportunidade de percepção também do ambiente externo à comunidade de Paraisópolis, organizamos 4 passeios anuais a pontos turisticos ou de interesse da cidade. São visitados museus e parques, cujos temas também possam ser trabalhados nas oficinas infantis. Em geral é grande o entusiasmo das crianças pelos passeios, sendo que a praia e o sítio são os preferidos: todo mundo gosta de arejar!

Programa de apoio às gestantes

No último sábado de cada mês, é promovida uma dinâmica de grupo com gestantes. No Módulo I são cobertos os assuntos relativos aos sintomas da gravidez. No Módulo II são abordados temas como sinais de parto, aleitamento materno e planejamento familiar. O material didático foi gentilmente cedido pelo Programa Einstein na Comunidade.

Depois do lanche, usando confortáveis tatames, a atividade das gestantes termina com exercícios que aumentam as forças dos músculos abdominais ou diminuem a resistência dos músculos da pélvis.

Para ter direito ao enxoval, as mães devem estar cadastradas no posto de saúde, possuírem carteira de saúde com o acompanhamento pré-natal regular, além do cadastramento na própria Casa da Amizade e participação nos 2 módulos.

São atendidas mensalmente cerca de 5 gestantes, com idade média de 25 anos, sendo que cerca de 30% tem até 20 anos.

(Foto 1)        (Foto 2)       (Foto 3)

Bazar

Os bazares realizados 3 vezes por ano (março, junho e novembro) vendem doações de roupas e utensílios usados a preços baixos, sendo a renda (cerca de R$150,00 a cada bazar) reinvestida no projeto. Além de viabilizar a obtenção de vestimentas necessárias para as famílias, os bazares constituem uma alegria, principalmente para as mães, que tem a oportunidade de usufruir do prazer tão naturalmente humano de comprar, consumir, etc.

Cestas de Natal

Todos os finais de ano são distribuídos perus natalinos às famílias das crianças que tem assiduidade comprovada no programa de reforço escolar e esportes, bem como aos colaboradores da Casa da Amizade que moram em Paraisópolis. Em 2016 foram distribuídos 100 perus.

Lazer

Além do parque infantil mantido pela Casa da Amizade, as oficinas infantis realizadas periodicamente sempre envolvem atividades lúdicas e às vezes até festanças!

A densidade populacional de Paraisópolis é alta e as áreas verdes escassas. Daí não se poder prescindir de um espaço público municipal maravilhoso como o parque Burle Marx, com seus mais de 130.000 m2. Desde 2005 a Casa da Amizade procura promover um passeio anual a pé até o parque.

Informações sobre os eventos promovidos pela Casa da Amizade, motivo de alegria para a criançada do Grotão, estão descritas na seção Notícias.

(Foto 1)        (Foto 2)

Fórum Multientidades de Paraisópolis

A fim de promover sinergia na solução dos problemas da comunidade, a Casa da Amizade participa ativamente do Fórum Multientidades de Paraisópolis, que congrega as ONGs do bairro. São cerca de 20 ONGs que operam em rede, com reuniões mensais na última quinta-feira do mês, às 8:30h, nas diversas entidades, em sistema de rodízio, objetivando fortalecer a representação dos moradores e os esforços para melhoria da qualidade de vida na região. Em média, comparecem nestas reuniões cerca de 25 a 30 pessoas representando 18 instituições. Tradicionalmente, uma vez por ano, a Casa da Amizade tem o prazer de sediar uma reunião mensal, o que acaba constituindo uma oportunidade para outras ONGs visitarem o Grotão.

Cabe destacar que há em Paraisópolis uma grande demanda por educação infantil e creches públicas, cujas vagas são muito poucas no raio de abrangência de uma população de 60.000 habitantes. Com 22 anos de existência comemorados em novembro de 2016, a Multi (nome pelo qual o grupo é carinhosamente chamado) tem lutado continuamente por estas e outras questões relativas à qualidade da educação de nossas crianças.

Conselho Gestor de Urbanização de Paraisópolis

Ao lado do Programa Einstein na Comunidade e da União de Moradores, a Casa da Amizade foi eleita em 2004 como um dos 3 representantes de ONGs no Conselho Gestor do Plano de Urbanização de Paraisópolis, para um mandato de 2 anos.

Em junho de 2007, a Casa da Amizade foi reeleita para ocupar uma das 3 vagas de representante das organizações sociais atuantes na ZEIS (Zona Especial de Interesse Social).

Em maio de 2010, a Casa da Amizade foi mais uma vez reeleita como membro titular do novo conselho para o biênio 2010-2012, ao lado da Associação Amigo do Povo e da União de Moradores de Paraisópolis, sendo suplentes a Associação de Mulheres de Paraisópolis e o Skate Solidário.

Este Conselho é constituído por 18 membros da sociedade civil (moradores, representantes das ONGs, proprietários de terrenos do entorno) e 18 membros do poder público (secretarias de habitação, negócios jurídicos, Sabesp, CET e diversos outros órgãos). Tem como objetivo a elaboração e implementação do Plano de Urbanização da região.

As reuniões bimenstrais são abertas ao público e ocorrem toda primeira terça-feira dos meses ímpares, às 18:00h, em geral no teatro do CEU Paraisópolis (Rua Doutor José Augusto De Souza e Silva, s/n). Ocasionalmente estas reuniões acontecem na Secretaria Municipal de Habitação (R. São Bento, 405, Centro).

Grupo Articulador da Plataforma dos Centros Urbanos UNICEF

No período 2009-2011, como parte de uma rede organizada pela UNICEF nas cidades de Rio de Janeiro, São Paulo e Itaquaquecetuba e direcionada às questões da criança e do adolescente, formou-se em Paraisópolis um Grupo Articulador. Dele fizeram parte 5 entidades, dentre as quais a Casa da Amizade, o Programa Einstein na Comunidade, o Espaço Esportivo Bovespa e o Skate Solidário. O G.A. optou por tratar prioritariamente da região mais vulnerável de Paraisópolis, o Grotão, no qual está inserida a Casa da Amizade.