Em tempo de pandemia a luta continua…

Bem sabemos que vocês continuam preocupados com a situação de Paraisópolis e do público que a Casa da Amizade procura carinhosamente atender no Grotão.
Fica dificil escrever quando as noticias não são alegres como as que costumam encher nossas costumeiras mensagens. Continuamos apreensivos como o restante da sociedade mundial…
De qualquer forma parece justo resumir os fatos mais recentes:
– lamentavelmente faleceu na semana passada o padrasto de nossa aluna Kamily Queiroz, depois de 10 d de UTI, com suspeita de COVID-19. Era tambem cunhado de nossa professora Ana Paula e a familia ficou muito abalada. 
– continuamos em estreito contato remoto com nossos alunos (no minimo uma vez por semana) para saber se estão bem do ponto de vista psicológico e economico; onde aplicável procuramos orientá-los no acesso aos beneficios governamentais  (auxilio emergencial, cartão alimentação/verba de merenda, atualização de cadastros escolares, etc)
– embora não se conte com indicador preciso para Paraisópolis, há muitos testemunhos de que o distanciamento social na comunidade está bem abaixo do que seria desejável nesta fase. Em todas as oportunidades de contato com alunos e familias temos procurado encorajar o #fiqueemcasa# – principalmente os jovens, destemidos e ainda não sensibilizados para a gravidade do problema!
– estamos estudando os materiais pedagógicos recem publicados pelas escolas publicas para cada faixa de escolaridade, buscando entender como vai funcionar o estudo à distancia (EAD) das escolas municipais e estaduais. Esta iniciativa governamental é muito bem vinda mas reconhecemos que as atividades serão muito desafiantes:
1) pelas limitações de conectividade (compartilhamento de aparelhos celulares, acesso à internet, etc)
2) embora o material pedagógico recem publicado aparentemente encoraje a autonomia das crianças no EAD, nossa primeira impressão é de que o novo sistema exigirá um considerável esforço das familias, agravado pelo fato de que muitas mães da comunidade tem escolaridade inferior à das crianças. Com a equipe de educadores que se reune diariamente (e viva o zoom!), estamos procurando nos organizar para ajudar nossas crianças a criar uma rotina de estudos (“acabou o recesso…”) e um ambiente de aprendizado na medida do possivel.
– continuamos oferecendo remotamente aulas de dança: para nossa surpresa foram as mães as primeiras a aderir à aula virtual de zumba! Aos poucos o prof Rafael está no processo de cativar jovens para as aulas virtuais de danças populares.
– e agora uma nota final mais leve: quem quiser aderir à aula virtual de Muay Thay nesta manhã de sábado basta escrever logo cedo para o prof Lucas (lucasramos.souza@gmail.com) e ele mandará o link para o zoom das 11:00.
Cuidem-se porque a luta continua!

(M.A.F.M.)

#fiqueemcasa#


convite Muay Thay.png

Aula de zumba online

Rafael conseguiu reunir hoje 12 mulheres para fazer aula on line usando a ferramenta Zoom! As mães acostumadas às aulas presenciais de danças populares aos sábados tiveram algumas dificuldades iniciais de conexão no celular. Mas foram valentes pois tudo é lucro para quebrar o sedentarismo nesta fase de quarentena do COVID-19. Quem quiser aderir no proximo sábado, as 10:00-11:00 temos um numero ilimitado de vagas! (MAFM) #fiqueemcasa#

previous arrow
next arrow
Slider

O que estamos fazendo durante a crise do COVID-19

Obrigada, leitor, por se interessar pela situação de nossa ONG e público atendido em Paraisópolis. A crise pandemica realmente é muito grave e exige respostas rápidas para situações fora do radar anterior. O distanciamento social é um desafio ainda maior em áreas vulneráveis como a do Grotão, com moradias precárias (media 26 m2/moradia, pouca ventilação) e alta densidade populacional.

Iniciativas em curso para enfrentamento da crise do COVID-19:

– a partir de 19/mar/20 a Casa da Amizade suspendeu temporiamente as operações de atendimento público. A equipe de educadores passou a trabalhar remotamente em casa por tempo indeterminado. 

– educadores e gestores foram rapidamente capacitados para usar a ferramenta zoom em reuniões virtuais diárias e continuaram à disposição dos alunos, famílias e parceiros através de whatsapp, email e outras ferramentas digitais. 

– os educadores estão semanalmente contatando cada familia dos alunos por telefone para oferecer acolhimento e saber como estão do ponto de vista físico, mental e econômico, bem como orientar sobre os cuidados pessoais e sobre os mecanismos de inclusão nos programas de apoio governamental onde aplicável.

– as mães estão recebendo semanalmente por whattsup sugestões de atividades a serem executadas com as crianças em casa, tendo em mente que os espaços são exiguos

– aulas semanais de dança para mães/jovens e inglês on line para os educadores estão em curso de forma piloto, apesar da qualidade precária da internet acessivel à maioria dos alunos nos celulares, já que a maioria das familias não tem computador.

– através do Forum Multientidades de Paraisópolis, nossas crianças/jovens estão sendo envolvidas em um esforço comunitário para gerar desenhos e cartinhas endereçadas aos profissionais de saúde que atuam no território, como expressão do reconhecimento pelo trabalho heróico

– monitoramento diário do cenário local da pandemia e articulação com outras instituições que atuam no território, incluindo os equipamentos públicos de saúde e assistência social (Unidades Básicas de Saúde, AMA, Supervisão de Assistencia Social); o objetivo mais imediato é apoiar na consolidação do mapeamento da comunidade e estabelecer sinergia nas iniciativas de minimizar os impactos negativos locais da pandemia   

– na 6a 3/abr/20 100 cestas de alimentos e produtos de higiene, adquiridas de comerciante próximo à Casa da Amizade (para estimular economia local) foram distribuídas às famílias de nossos alunos, acompanhadas por ovinhos de Páscoa,  A equipe de educadores e voluntários se esforçou muito! 

Temos fé de que a crise vai passar e encorajamos todos os moradores a respeitar rigorosamente as orientações das autoridades de saúde.

Cuidem-se!

Monica Mation (presidente)

#fiqueemcasa#

previous arrow
next arrow
Slider

COVID-19: comunicado aos amigos e parceiros da Casa da Amizade

Consciente da gravidade da pandemia de coronavírus (COVID-19) e em linha com as orientações das autoridades e da Organização Mundial da Saúde (OMS), a partir desta 6ª f 19/mar/20 a Casa da Amizade está suspendendo suas operações de atendimento público.

Nossa equipe estará trabalhando remotamente em casa até 30/abr/20, prazo a ser reavaliado oportunamente. Educadores e gestores continuarão à disposição dos alunos, famílias e parceiros ligadas à Casa da Amizade através de whatsapp, email (amigosdacasadaamizade@gmail.com), videoconferência e outras ferramentas digitais.

Nesta 6ª f 20/mar/20 teremos um plantão de atendimento 10:00-11:00 para as crianças que quiserem vir buscar livros para ler em casa.

Fizemos esta semana 2 oficinas interessantes de conscientização de nossos alunos sobre o coronavirus e a seriedade com que o assunto deve ser tratado, sem pânico nem alarmismo.

Neste ano em que completa 25 anos de atividades, a Casa da Amizade reforça seu compromisso claro com a educação das crianças e jovens de Paraisópolis e o esforço para estarmos mais fortalecidos quando esta situação provisória terminar.

________________________

Mônica Mation

Casa da Amizade – Presidente

Oficina sobre coronavirus (COVID-19)

previous arrow
next arrow
Slider

Oficina de Muay Thai

“Muay Thai é uma luta tailandesa que vem ganhando o mundo. Com mais de dois mil anos de existência, a história do Muay Thai possui origem curiosa e vinculada à época em que dominar as técnicas marciais  garantia poder e sobrevivência. Conhecida por variados nomes, Muay Thai configura uma arte marcial rica em história e tradição. Boxe tailandês, Thai Boxing e Luta das Oito Armas são sinônimos que carregam uma herança e legado dignos das lendas do Ocidente. Para nossa aula usaremos o Muay Thai de maneira lúdica, ensinando somente técnicas básicas e atividades que fazem parte do aquecimento para essa atividade. Outra ação muito presente no Muay Thai são os valores passados por bons mestres, como disciplina, respeito, dedicação e resiliência, e esse será o grande foco na nossa aula.” (I.C.)

Obrigada ao voluntário André por ter trazido seu mestre Italo Crespin para ministrar a oficina, que despertou muito interesse nos frequentadores da Casa da Amizade. Reuniu 34 participantes da comunidade com idades variando de 6 a 18 anos! (MAFM)

previous arrow
next arrow
Slider

Preparando fantoches dos personagens de Dulce Braga

A escritora angolana Dulce Braga virá visitar a Casa da Amizade em 13/mar/20, quando será entrevistada pelos nossos alunos. Ana Paula já fez em aula uma contação de história do livro “Npandula, Mama Africa” de manhã. A turma da tarde leu/ouviu trechos do livro “Sabor de Maboque”. Em preparação para a visita, nossas crianças usaram retalhos de tecidos para produzir fantoches dos personagens do “Mama Africa”. Diz a voluntária Stefani, designer de moda: “Sem palavras, ficaram INCRIVEISSSS!!!! O que me enche mais de felicidade é ver os retalhos da minha coleção ganhando vida por estes artistas 😍😍😍😍. Estou encantada, obrigada Michaela e Cris!!! (M.A.F.M.)

previous arrow
next arrow
Slider

Equipe Mobile visita Casa da Amizade

Esta semana tivemos dose dupla de Mobile: alem da saida pedagogica habitual das 2as feiras (2/mar), em que 15 alunos da Casa da Amizade passaram a tarde numa atividade na Mobile, tivemos o prazer de receber a visita de um grupo de monitores Mobile na 3a f, liderados por Adriana e André. Trabalhando em duplas colorimos umas mascaras africanas bem bonitas – tudo a ver com o projeto Africa e a preparação para a visita da escritora angolana Dulce Braga. Detalhe para alunos gulosos: a equipe Mobile trouxe um bolo de chocolate incrível! (MAFM)

Sábado das campeãs…

Não era propriamente a Marques de Sapucai mas Marcelo e a meninada da Geração Portela animaram o publico no sábado as 17h. O bloquinho da Casa da Amizade fez bonito… (M.A.F.M.)

previous arrow
next arrow
Slider