Passeio à Sala São Paulo – OSESP

A sala de concertos estava lotada com crianças de escolas públicas de muitas regiões da cidade de SP. Por cortesia da Fundação Via Varejo – FVV (transporte, ingressos e lanche!), através da União de Moradores, Paraisópolis esteve representada por 3 instituições no Projeto Conhecendo a Orquestra: Casa da Amizade (15 pre-adolescentes e 4 monitores), ProSaber e Biblioteca BECEI. Na abertura do concerto uma educadora da Sala SP (responsável pelas visitas guiadas) subiu ao palco e apresentou muito didaticamente as principais características da sala de concerto (uma das 10 melhores do mundo); demonstrou partes do teto que sobem para alterar o volume da sala e produzir melhor acústica para diferentes tipos de evento, desde pequenos corais até grandes orquestras (similar às catedrais da Idade Média!). Mostrou o elevador do fosso da orquestra e da arquibancada de fundo e demonstrou que a acústica é tão eficiente a ponto dela poder falar sem microfone e ser ouvida em todas as partes do teatro! Explicou o fato da Sala SP ser uma antiga estação de trem da década de 1930 (Estação Júlio Prestes da Sorocabana), erguida pelos ingleses quase 100 anos atrás. Comentou que o local da sala de concerto antigamente não tinha teto – era um jardim central com grandes palmeiras que foram transplantadas na época da construção. O concerto foi da OSESP Jovem sob batuta de um regente super jovem e o repertório incluiu 3 clássicos (Haendel, Mozart) e 3 trilhas sonoras de filmes populares (Piratas do Caribe, Indiana Jones e Star Wars). Passeio muito bacana e bem diferente.

Deixe um comentário